A PROVAÇÃO DE ABRAÃO

O texto de Gênesis 22 mostra o relato bem conhecido acerca da prova que Deus fez com Abraão e seu filho Isaque.

O meu interesse nesse relato é analisar os versículos 15 a 18 de forma rápida para destacar a lição de obediência a Deus e o Seu reconhecimento, que o texto contém:

Gênesis 22.15-18

15 Então, do céu bradou pela segunda vez o Anjo do Senhor a Abraão

16 e disse: Jurei, por mim mesmo, diz o Senhor, porquanto fizeste isso e não me negaste o teu único filho,

17 que deveras te abençoarei e certamente multiplicarei a tua descendência como as estrelas dos céus e como a areia na praia do mar; a tua descendência possuirá a cidade dos seus inimigos,

18 nela serão benditas todas as nações da terra, porquanto obedeceste à minha voz.

Nesta história que se inicia desde o versículo primeiro temos o seguinte desenrolar dos acontecimentos:

(vv. 1-2) Deus pôs Abraão à prova;

(vv. 3-10) Abraão sofreu durante a prova;

(vv. 11-14) Deus proveu a solução.

Em nossos momentos de provações, somos levados a pensar, devido à nossa fraqueza espiritual, nos seguintes questionamentos:

– Por que Deus tem que fazer testes comigo?

– Ele não me conhece? Não sabe o que passa no mais profundo do meu ser?

– Ele, sem a necessidade de eu passar por provações, não poderia fazer análises espirituais a meu respeito?

Sim conhece! E dessa forma podemos verificar que: quem é a pessoa que precisa tirar alguma conclusão nas horas de provações não é Deus, mas…, sou eu mesmo!

Nós devemos aprender com as provações, para que possamos crescer e dar frutos.

A partir do momento em que Deus começa a abençoar a sua vida, o resto da bênção vai acontecer conforme for a sua reação.

Abraão concluiu que ele tinha que fazer alguma coisa a partir daquele momento porque ele ouviu [sentiu] que Deus estava o abençoando e, a partir da [reação] decisão de agir veio o desenrolar do resto da benção, que é o que somos hoje “a descendência espiritual de Abraão”.

nela [na descendência] serão benditas todas as nações da terra, porquanto obedeceste à minha voz.

Que Deus nos abençoe e nos dê sabedoria para reconhecer a Sua direção nas nossas provações.

Compartilhe com quem você gosta!

Adicionar Comentário